• Este Blog será uma espécie de diário para Desabafar um pouco!!!

    Uma carta sobre a minha infância…



    Que posso eu dizer sobre a minha infância? Não me lembro. A memória vai-se apagando. E duvido que haja muitas pessoas que se lembrem da sua infância. Claro que existe sempre uma ou outra memoria que por algum motivo nos marcou.
    Todos nós falamos da infância dirigindo a nossa memória para os 5, 6 anos, pois são as idades que trazem algumas recordações.
    Eu para ser sincera não me lembro de muita coisa.
    Lembro-me de cantar imenso a musica “aeiou” Ana Malhoa, não sei o porque, talvez por dar num dos programas que davam nas manhas de fins-de-semana com desenhos animados, ou talvez porque tenha sido assim que aprendi as vogais, não me lembro. Já foi a tanto tempo… para ser sincera também não me lembro bem desse programa, mas vendo no youtube excertos lembro-me da musica, da “vaca amarela”, lembro de cantar “cheguei a casa e abri o meu livro para estudar”, até me da vontade de rir só de pensar, de me imaginar a cantar
     “e tudo começou no A,
    A A A,
    a seguir vem o E,
    E E E,
    Inteligente é com o I
    I I I,
    o U depois do O  faz o AEIOU”

    Também me lembro que cantei esta musica uma vez na escola.

    Lembro de ver os bonecos no “Cartoon”, amava ver o “Tom and Jerry”. Não me cansava. Penso que posso ser os preferidos de muita gente, pois com eles era só para rir. Lembro do “Dexter Laboratory”, do “Scooby Doo”, “Powerpuff Girls”, “Power Rangers”, “Pokémon”, “Dragon Ball Z”, “The Flintstones”, “Cow e Chicken”, “Jonhy Bravo”, “Looney Tunes”, “Roadrunner”, e aquela serie do “Tonecas”, eram tantas coisas, muitas nem me lembro do nome, mas eram bem melhor que os desenhos que existem hoje em dia, podem acreditar. Até os pais adoravam ver. Claro que não nos podemos esquecer do “Batatoon”. Grande programa que marcou os mais pequenos nos anos 90, apesar de eu também não me lembrar muito bem.
    Depois tenho umas memórias do que me iam dizendo sobre o que eu fazia ou dizia quando era pequena. Lembro-me de chamar “bolacha” a uma borracha, de chamar “Tia Chata” à minha tia Fátima, lembro-me de contarem que quando me diziam que estava toda suja a minha resposta era “não importa a maquini lava”.
    E quando recordo algumas destas coisas, ou quando me contam alguma coisa só me apetece sorrir. Apetece voltar a ser criança de novo. Quando não tínhamos preocupações, quando o que mais queríamos era brincar e ver desenhos animados. Quando durante a semana não queríamos sair da cama, mas aos fins-de-semana levantávamos mais cedo que nunca para poder ver aqueles desenhos animados.

    Sei que esta carta não esta nada de especial. Mas foi o que me lembrei quando vi o tema. Penso que ainda vai trazer algumas memórias para algumas pessoas. E como é óbvio aqui não está tudo… se contasse tudo não saia daqui hoje. Existem variadíssimas coisas que marcam a nossa infância. 



    3 comentários:

    1. AAAA EEEE IIIII OOOO UUUUU :)
      Ahahah gostei oh parva :)

      ResponderEliminar
    2. as maiores verdades são aquelas que o coração alguma vez sentiu

      ResponderEliminar

     

    ClixSense

    B2Я | Beat 2 ЯEvolution

    Publipt