• Este Blog será uma espécie de diário para Desabafar um pouco!!!

    Saudade




          Está presente em todo o lado. Na poesia, na música, aqui e ali. Deixa-nos em baixo e sem grande resolução para a superar. É a saudade.
         A saudade é uma mistura do sentir falta com a lembrança. É a vontade de voltar a ter, de voltar a ver. É uma coisa que não se sabe ao certo se é boa ou má. Pode ter ambos os sentidos, isso deixa-me desorientada. Como posso eu saber se as saudades que sinto são boas ou más?
         Eu tenho saudades. Quem não tem? Tenho saudades do que fui, tenho saudades do que tive e já não tenho, essencialmente tenho saudades de pessoas, ou talvez uma em particular.
         Saudades de toda aquela complexidade que existia, toda aquela união. Saudades de te ter, de te sentir, de dizer o quanto és especial. Tenho saudades de me fazeres feliz, de me fazeres sentir amada, de me fazeres sorrir de manhã à noite sem qualquer razão e como mais ninguém faz. Saudades da tua voz, das nossas brincadeiras e dos nossos pequenos momentos a sós. Saudades dos nossos carinhos, dos nossos abraços no silêncio da noite, os mimos que fazíamos um ao outro enquanto tentávamos adormecer. Daqueles beijos que só tu tinhas direito.
         Tenho saudades não posso negar, mas que posso eu fazer para combater esta solidão que sinto sem ti do meu lado? Que posso fazer para “matar” estas saudades?


         Sinto saudades… apenas…

    1 comentário:

    1. Saudades corroem a alma e se forem acompanhadas de sentimento de culpa ainda agravam mais o estado de espírito. Saudades tenho eu de quem deixei em casa e, nem que seja por uns tempos, me fazem uma falta imensa pois nada tem sentido sem elas. Saudades ... muitas.

      ResponderEliminar

     

    ClixSense

    B2Я | Beat 2 ЯEvolution

    Publipt